Resenha: Batendo á porta do céu

12 julho 2015


Título:
Batendo á porta do céu
Autor: Jordi Sierra i Fabra
Editora: Biruta
Páginas: 321
Classificação:



ADICIONE NO SKOOB  COMPARE E COMPRE 

Batendo à Porta do Céu - Uma jovem estudante de medicina decide abrir mão de seu conforto, de sua família e de seu namorado para trabalhar como voluntária em um hospital na Índia, durante as suas férias de verão. Em sua jornada, Sílvia conhece as peculiaridades de um país muito diferente do seu, convive com a pobreza e conhece pessoas que se tornarão muito especiais e importantes em sua vida, como o voluntário Leo, a médica Elisabet Roca, as pequenas Viji e Narayan e o misterioso Mahendra.Inspirado em um caso trágico de uma voluntária espanhola, Batendo à Porta do céu expõe as reflexões da jovem Sílvia ao se deparar com a precariedade da infraestrutura indiana, as perdas, o medo e si própria. Sílvia mergulha em um momento de autoconhecimento, em que se questiona sobre o amor e suas variações, sobre a importância do apoio da família e sobre o valor da vida. Sua vontade de evoluir como médica cresce, ao mesmo tempo em que suas convicções vão sendo fortalecidas.De forma cativante, o autor Jordi Sierra i Fabra sensbiliza o leitor com suas indagações, e também com a realidade indiana, que se contrasta tanto com a vida da jovem espanhola.



http://3.bp.blogspot.com/-mrY0y-mOFow/Ve1tBR8eUOI/AAAAAAAACb0/sic_SdYmpPQ/s1600/sideb.png



"O tempo é muito lento para os que esperam, muito rápido para os que têm medo, muito comprido para os aflitos, muito curto para os alegres, mas para os que amam, o tempo é uma eternidade."

Silvia, nossa protagonista, é uma garota de 19 anos filha de pais cirurgiões (que são muito bem conceituados) que mora em Barcelona (Espanha), estuda medicina e decide se voluntariar em um hospital chamado RHT na Índia, já que ela queria descobrir um rumo certo em sua vida, se descobrir, amadurecer. Mas não foi  fácil, já que seus pais não queriam aceitar que sua  filha fosse para o "fim do mundo", fazendo de tudo para ela mudar de ideia. Mas Silvia estava determinada, e mesmo contra a vontade de seus pais, partiu rumo a Índia.




Assim que chega a Índia, a primeira coisa que sente é a diferença cultural, a mudança de ares, o que já era de se esperar. Ao chegar no hospital é recebida pela Dra.Elisabet Roca que a apresenta a Viji, uma moça indiana de 18 anos que trabalha no hospital, o cirurgião  Lorenzo Giner que também apoia o hospital e  Leo, um voluntario estudante de medicina, que no começo não se dá bem com Silvia, por ela ser de uma classe social mais alta. 


Apesar de todos as pesquisas que Silvia fez antes de ir para a Índia, ela ficou um pouco chocada com o que viu a sua volta, com tantas pessoas doentes e o hospital com pouquíssimos recursos. Apesar disso Silvia é uma moça destemida, fez de tudo para ultrapassar essa barreira e salvar o máximo de vidas que ela podia. 


Ao passar da historia, ela começa a se aproximar muito de Elisabet e de Lorenzo, que a apoiam e são como pais pra ela ali. Ela também conhece Mahendra, uma indiano que perdeu a esposa e os filhos e que desde então vive em sua mansão, sem contato com o exterior, a não ser por jornal e internet. Ele e Silvia vão cultivando uma amizade muita doce e interessante.  

Ao decorrer do tempo em que passa na Índia, Silvia pensa e reflete sobre varias coisas, sobre seu namorado, sobre seu pai, entre outras, e com isso, passa a acontecer mudanças. Ela vai se encontrando, amadurecendo e ao final da historia não está mais aquele garota indecisa, está uma mulher decidida.



Encantada, foi assim que fiquei depois de terminar o livro,  fiquei não, estou até agora. Uma historia com uma narrativa realista e incrível! Jordi Sierra não mostra só as belezas da Índia, mostra desde a beleza cultural e tradições até a pobreza, casamento de crianças e divisões de castas. Amei a forma que ele criou uma força invisível que ali no hospital RHT, mesmo com todas as dificuldades, uniu a todos ali dentro, fazendo a amizade e o amor prevalecer e se fortalecer, por que ali é o que realmente se necessita. 




Ele também criou personagens muito bem estruturados, cada um com sua personalidade, e tudo isso se uniu fazendo a historia se tornar incrivelmente cativante. Se o livro já é incrível só com o conteúdo, imagine com essa edição perfeita que a Editora Biruta fez (se fazer um edição capa dura, fica melhor ainda u.u), a capa com desenhos indianos, as divisões da historia com desenhos e frase, as letras, espaçamentos, enfim, tudo ficou impecável como a historia merece. Parabéns a equipe gráfica da Editora Biruta  .  

Super recomendo esse livro, não importa se você é jovem ou adulto, Batendo à Porta do Céu é uma história linda que mexe com todos os leitores.


"As vezes é necessário que algo ou alguém nos lembre das coisas, nós dê um empurrão ou nos faça abrir os olhos."

Comente pelo Facebook

26 comentários

  1. Estou encantada por esse livro, fiquei louca para lê-lo agora.
    Pelas fotos que você tirou pude perceber o quão cuidadosos foram ao publicar esse livro.
    Adorei sua resenha.
    Bjs
    http://myself-here1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito lindo, a editora caprichou (ela sempre capricha!) more
      Que bom que gostou ><
      Beijos

      Excluir
  2. Nossa fiquei abismada com esse livro, toda a arte é maravilhosa e agora fiquei com uma vontade louca de ler, a Biruta sempre lança bons livros.
    Estou seguindo teu blog a espera de mais resenhas.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro mas me apaixonei por ele só de ver as fotos e a sua resenha, adoro livros que retratam outras culturas, com certeza acaba de entrar para lista de desejados.

    ResponderExcluir
  4. Oi Bruna, tudo joia?
    Não conhecia o livro e já fiquei apaixonado. Primeiro pela premissa, gosto de uma obra mais realista, sempre me chamam a atenção. E também por essa incrível edição, perfeita!!!
    Estou seguindo seu blog, gostei muito e pretendo voltar mais vezes.

    Bjsss
    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Adoro essa editora, eles possuem umas edições incríveis e livros muito bacanas. Esse eu já tinha ouvido falar, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. OI Bruna, tudo bem!?
    Caramba, não conhecia o livro, mas conforme fui lendo, vi que é o tipo de livro que minha mãe iria amar. Ela adora India e a cultura de lá, já estou indicando pra ela. A edição está muito linda pelas fotos que você postou!! Adorei e aposto que minha mãe também vai amar a história e a personagem principal que amadurece com o passar do tempo!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito das narrativas e livros que envolvem a Índia, pelo fato de ela ser tão contraditória: um país com uma cultura histórica belíssima, mas com uma situação social bem complicada. Ainda não tive a chance de ler Jordi Sierra i Fabra - a escritora indiana que mais leio é a Thrity Umrigar - no entanto, o livro tem uma ótima apresentação e uma diagramação linda demais. A leitura deve ser muito prazerosa.

    Até o próximo post,
    Blog da Also/

    ResponderExcluir
  8. Ei, tudo bem?
    Confesso que quando li o nome do livro, achei que era algo religioso, mas parece que não. Não sei se leria, não faz muito meu estilo, mas achei a capa de uma simplicidade tão doce, que teria na estante haha!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Que blog fofo! Eu nunca havia ouvido falar desse livro, mas ele parece uma leitura bem marcante. E que edição linda <3
    Beijos.

    Diário de uma Bloggeira | Facebook

    ResponderExcluir
  10. Oi Bru,
    Nunca tinha visto esse livro, mas a história me parece familiar. Não sei, me lembrou um livro da Khaled Hosseini. E eu amo Khaled, então com certeza amaria este! Adoro as edições da Biruta e admiro muito o crescimento de um protagonista durante a trama. É algo que eu quero ler :D

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei bem curiosa, principalmente porque o livro é extremamente lindo. Adorei seu blog e já estou seguindo ele a espera de mais resenhas e postagens como esta.
    Bjos

    umavidaliteraria1.blogspot.com.br/?m=0

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adorei esse livro! Sua resenha me deixou encantada, mas o que me chamou a atenção foi essa diagramação linda *-* já quero!

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem? Nossa, que história mais linda! Ainda não tinha ouvido falar do livro, mas fiquei encantada com a história. Preciso visitar a livraria da minha cidade e ver se já chegou. Sua resenha ficou ótima, é possível perceber o quanto você se apaixonou pela história e pelo livro (fisicamente falando haha). Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  14. A capa não tinha me chamado atenção, ainda bem que li sua resenha, adorei a história e já entrou para os desejados. Sua resenha me deixou bem empolgada para ler!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  15. Oie, Bruna!
    É um livro tão lindo e delicado com essa temática sensível. Claro que pra ficar à altura, uma diagramação maravilhosa. Eu não costumo ler obras assim mas certamente vou abrir uma exceção. Sabe quando você fica tocada pela sinopse? Essa sou eu. Ótima resenha!
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Eu também gostei bastante desse livro por causa da narrativa diferente e a ambientação na Índia. É bom variar o estilo de leitura e essa história faz o leitor pensar um pouco e refletir, assim como a protagonista faz com a vida dela. A diagramação é realmente incrível.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. A capa é linda, o quote é verdadeiro e a história me comoveu. Acho muito bonito o ato de amor que as pessoas tem pela medicina e principalmente por ajudar o outro.
    Beijos
    Ingrid

    ResponderExcluir
  18. Que edição lindíssima! É tão gostoso ler um livro quando a editora acerta no trabalho editorial dele, dá gosto folhear, imagina quando por entre as páginas acontece uma história realmente boa. Batendo à porta do céu vai para a minha lista de desejados.

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. A cultura e os costumes indianos são belíssimos, e a capa desse livro retrata um pouco dessa cultura, ficou incrivelmente bela, combinando com a história que também é sensacional foi uma combinação perfeita da editora, acertou em cheio !!!

    ResponderExcluir
  20. Nossa, adorei a resenha e as fotos que você usou. Deu para ver bem como é a diagramação e realmente, ela é linda! Eu não conhecia o livro ainda, e nunca li nada que se passe na India, mas essa parece ser uma boa forma de começar. Fiquei aqui imaginando como será que as relações dela e o trabalho se desenvolveram. Eu realmente gostei muito da resenha e do livro em si. Espero poder lê-lo logo. Beijo,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  21. Oi Bruna tudo bom?
    Ah que livro lindo! Amei as fotos que você tirou! A editora Biruta sempre tem muito capricho com os livros, li só o livro Primavera deles e sou apaixonada. Esse livro é lindo e passa uma mensagem bem bonita! Sou da área de saúde também e morro de vontade de fazer intercâmbio social! Acho que vou pedir esse livro da próxima vez!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá :) Adorei a resenha, cativante! *-* Nunca tinha visto esse livro, o assunto despertou a minha curiosidade. Sinto vontade ler livros que retratam a cultura/coisas da Índia, gosto de livros que mostram a realidade, esse deve ser muito bom, a proposta é ótima, a aventura da protagonista deve ser envolvente. :) Beijos! (Tbm Comentei aqui, pois, vi que vc publicou o mesmo link em grupos diferentes(grupo de trocas de comentários.), :D *-* )
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  23. Adorei a proposta do livro! Medicina foi um ramo que gostaria de segui, mas não acho que vá da certo, mas adorei que este livro cita um pouco disse, além da cultura indiana e que sei que é muito variada e linda! Adorei a resenha, muito bem escrita e desenvolvida!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Adorei a sua resenha.
    Acho a cultura Indiana muito boa, mas também tem muitos percalços. Quero muito conhecer Silvia e saber como ela vai amadurecendo. A capa do livro é bem condizente com a história.
    Com certeza ela vai pra minha lista dos que quero ler.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Bruna, eu sou louca para ler esse livro, acho a premissa dele muito interessante e chama muito minha atenção, quero ver se um dia consigo ver ele!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©