Papeando sobre séries: How I Met Your Mother

28 agosto 2015

Resultado de imagem para How I Met Your Mother

Oi galera, tudo ok com vocês?
Voltei pra falar de mais uma série que gosto muito e que acho que vocês deveriam assistir.
Dessa vez escolhi How I Met Your Mother, uma sitcom que já terminou e que são poucas as pessoas que nunca ouviram falar, o primeiro episódio foi ao ar no dia 19 de setembro de 2005, e o último foi no dia 31 de março de 2014, foram 9 anos/temporadas em que a série conquistou uma legião de fãs e quando ela acabou deixou -arrisco dizer- talvez tanta saudade quanto a épica Friends.
Então se você ainda não parou pra conferir HIMYM e não faz a menor ideia do que se trata, eu vou falar aqui pra vocês, vamos lá?
Primeiramente vocês precisam ficar a par da história de HIMYM, a série mostra Ted Mosby (Josh Radnor) no ano de 2030 contando pra seus filhos como foi que ele conheceu a mãe deles, ele começa a contar desde o ano de 2005 quando seus melhores amigos Marshall Eriksen (Jason Segel) e Lily Aldrin (Alyson Hannigan) noivam, com isso Ted percebe que está cansado de estar solteiro e quer conhecer logo a mulher de sua vida. Logo no primeiro episódio a série já "passa a letra" e mostra a que veio, temos um episódio com humor e romance na medida certa, ambos ficam -na maior parte do tempo- por conta de Ted, Barney Stinson (Neil Patrick Harris) e Robin Scherbatsky (Cobie Smulders) já que Ted está com Barney no McLaren's quando conhece (e se apaixona) por Robin, é claro que tudo dá errado e descobrimos de cara que Robin não é a mother.
A maior parte da série se passa no McLaren's e no originalmente apartamento de Ted e Marshall, a cada episódio somos levados a uma nova peça do quebra-cabeça (quem é a mother?), isso sem perder o humor e a característica principal de sitcoms, ou seja, você pode estar na primeira temporada e assistir um episódio da sétima que mesmo assim você vai entender e se divertir com ele.
É claro que com um personagem principal como Ted Mosby o que não pode faltar é romance e lindas falas que acabam se tornando textos que passam literalmente de mural em mural na internet, normalmente quando o Ted começa a falar não tem menininha que não derrame lágrimas e mais lágrimas.
Mas quem disse que HIMYM é só chororô? Muito pelo contrário, se temos romance em abundância nessa série, risadas é o que nós temos em dobro! Marshmallow e Lilypad são personagens que nos doam muitas risadas sempre, talvez o casal mais fofo da história:
E o que dizer de Robin Scherbatsky? 
Are you lesbian?
Te desafio a não se deleitar com o jeito não tão convencional de Barney, seus bordões e suas peripécias hahah, o cara é um mito, arrisco dizer que é o personagem mais querido da série, porque com certeza o mais engraçado ele já é!
A série também é cheia de referências e easter eggs, tem toda uma "mitologia" própria com ditados como "nothing good happens after 2 a.m", tem também a teoria das azeitonas, e é claro o Código Bro e o The Playbook do Barney, são todas coisas exclusivas da série que tornam ela única e especial, muitas vezes dão um ar "mistico" como se no mundo da série essas regras fossem absolutas. Tanto que quando um dos personagens desafia uma das regras algo da errado pra ele, o código bro é cheio de "mandamentos" que nós temos em amizades normalmente (e o Barney se prende muito a elas, quebrar alguma dessas regras pra ele é um erro imperdoável), e é claro que todas as cantadas mencionadas do playbook foram comprovadas por Barney.
Bom galera, foi isso, eu recomendo mil vezes essa série, se você tá afim de uma série com carga dramática e comédia na medida certa essa é uma excelente pedida! Se você já assistiu/assiste a série me conta aqui se tá gostando, pra quem já terminou me conta o que achou do final (hahah), se você ler esse post e decidir assistir a série me conte depois o que achou ok?
Espero que vocês tenham gostado, see ya;*


Comente pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©