Resenha: Demônios da Noite

20 janeiro 2016
Titulo: Demônios da Noite
Autora: M. K. Takenaka

Editora: Novo século
(Selo Novos talentos)
 Páginas: 512
Classificação:

ADICIONE NO SKOOB   COMPRE 
O Morro do Tubarão no Rio de Janeiro tem um novo traficante: Hashid. Conhecido como o demônio persa, este vampiro atravessa séculos de histórias e confrontos. E Gengis Khan, um importante rival desse passado conturbado, suspeita da presença dele na cidade maravilhosa e arquiteta um plano para destruí-lo. O número de mortes misteriosas aumenta, e atrai a atenção da polícia carioca, que acaba se envolvendo nesta trama de tráfico de drogas, e fabricação de armas e artigos bélicos. O confronto entre estes antigos inimigos incita o caos, o que pode tornar quase impossível manter em sigilo a existência de vampiros, até então preservada. A caçada parece não ter fim, e uma grande destruição pode estar a caminho.
 
ATENÇÃO: Cubram seus pescoços e cuidado ao sair na rua ao cair da noite. As ruas não são tão seguras como você pensa.
Com uma narrativa envolvente, Takenaka faz você viajar por uma sequência de ação e suspense regada a sangue. Enquanto os acontecimentos do presente se desdobram, pouco a pouco você é apresentado ao passado dos personagens, conhecendo sua história e suas motivações.
O autor, mesmo em um cenário de horror, nos mostra um pouco do nosso dia a dia, nos fazendo repensar sobre ações omitidas ou negligenciadas.



 A Cidade Maravilhosa está, mais uma vez, repleta de bandidos e eles estão cada vez mais audaciosos. A polícia faz o que está dentro de suas possibilidades para combatê-los, entretanto seus esforços parecem nulos. Principalmente no morro do Tubarão, onde o crime é comandado por Hashid – o Demônio Persa, um vampiro na pior assepsia do termo. Um ser que há séculos vem sendo procurado, mas que encontrou o refúgio perfeito num morro carioca. Cleiton e Douglas, dois policiais, juntamente com seu comandante Toledo, fazem de tudo para enfrentar o crime. Quando as histórias do vampiro traficante e dos policiais se cruzam começa uma batalha entre o bem e o mau em que o leitor fica ansioso para chegar ao final sem vontade de parar de ler.



Em Demônios da Noite, você se delicia com vampiros ao bom e velho estilo. Criaturas que se alimentam de sangue e que não suportam a luz do dia. Porém, em sua obra, Takenaka nos mostra como a vida pode ser irônica. Colocando nosso predador como uma peça que pode vir a não ser tão inescrupulosa como as interpretamos. Fazendo pensar em como bem e mal podem ser interpretados de diferentes pontos de vista, variando a partir das situações em questão.

Vou ser sincera em dizer que sou medrosa e diversas vezes fiquei com friozinho na barriga, mas gente, que obra fantástica! Que leitura maravilhosa, que enredo sensacional! 
Comente pelo Facebook

14 comentários

  1. Olá, Bruna, como esta?

    E minha primeira vez aqui e estou encantada com a fofura do seu blog!
    Eu não conhecia ou sua obra, mas confesso que gostei! Menina sou super fã de vampiros tanto que meu personagem favorito e o Drácula pode apostar, e provavelmente lendo este livro acredito que eu não ficaria ao lado dos mocinhos HAHAHA enfim me despertou curiosidade e espero lelo um dia, adorei a resenha.

    Beijinhos.

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Vampiros não é meu gênero favorito mas eu acho que esse eu daria uma chance, parece ser muito bom!


    Étreintes
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, ainda não conhecia o livro mas pela sua resenha eu achei a história bem interessante. Não curto muito histórias mais darks, mas de vez em quando é bom varias os gêneros que leio e me arriscar como um livro como esse.

    Participe do sorteio da trilogia A Caverna Cristalina petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  4. Opa, o ultimo livro de vampiros que li assim foi da Anne Rice, haha. Já estou querendo esse. Adorei a capa.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro me chamou atenção e confesso que ele acabou entrando pra lista! <3 Adoro livros assim e ótima resenha a sua.

    ResponderExcluir
  6. Adorei só pelo nome! haha Adoro histórias com o sobrenatural, e com certeza guardarei a dica de leitura!

    Vitória,
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lais
    Que bom que gostou tanto da obra. Eu sou medrosa também, mas não leria o livro. Não por medo, mas por não ser fã de vampiros. Ótima resenha.

    livrosvamosdevoralos.bogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas pareceu-me interessante a proposta, apesar deu não gostar da temática vampiros, fiquei curioso para saber como o autor colocou esses seres no morro do tubarão, pareceu interessante envolver tráfico, uma realidade nossa, e vampiros. haha

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oie
    poxa, que bom que o livro te agradou tanto, fiquei curiosa e espero poder ler m breve pois curto bastante o tema e o enredo desse está muito legal

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Só o título já me faz querer ler, mas leio a resenha e a coisa ainda piora! Ou será melhora? Bom, curti e vou anotar. Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  11. Deus, não conseguiria ler esse livro só pelo título, não é bem o que eu tô procurando de leitura agora.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu estou cansado de enredos que envolve vampiros, apesar do enredo ser interessants, estou procurando algo diferente...

    Abraços e até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Tenho que dizer que achei original vampiros no morro do Rio. Sério, nunca imaginaria vampiros ali hahaha
    Gostei também da ideia de envolver o tráfico, e não somente o sobrenatural. E de verdade quero ler esse livro!

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Logo de cara achei a premissa bem diferente, nunca pensei em vampiros em um morro do RJ. Mas por enquanto a obra não me atraiu.
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©