Resenha: Grey

03 fevereiro 2016
Titulo: Grey - Cinquenta Tons de Cinza Pelos Olhos de Christian
Autora:
E. L. James

Série: Cinquenta Tons de Cinza #4
Editora: Intrínseca

Páginas: 528
Classificação:

Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.
Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.
Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Olá, tudo bem? Hoje, resolvi resenhar Grey, porque não importa o que digam 50 Tons é especial para mim. Eu simplesmente amei e quando saiu Grey eu pirei... Conheci um Christian que não imaginava e que basicamente gamei mais ainda. Eu quero esse homem não importa os porquês. Procura-se um dominador para chamar de meu. Haha


O livro começa com a entrevista que Anastasia faz a Christian substituindo a Kate que está gripada. Temos basicamente um Christian Grey apaixonado ao primeiro contato. Os pensamentos sórdidos dele a cada ação da Ana são absolutamente perturbadores. Haha São coisas que na versão dela você jamais imagina o que se passava pela cabeça dele. E sinceramente que bom que não escutamos os pensamentos uns dos outros na vida real, porque digamos que isso ia ser embaraçoso para não dizer vergonhoso ao extremo. haha

Mas que merda! Como não percebi esse lábio antes? E ela esta mordendo o lábio inferior por causa de sua frustração em tentar fazer aquela máquina antiquada funcionar. O que eu não adoraria fazer com aquele lábio?

O interessante nesse livro é que é nos apresentando um Christian inseguro. É inacreditável você descobrir que o Grey ficava contando os minutos para cada resposta dos e-mails enviados a Ana. Gostei de o ver sofrendo, porque além de você descobrir que o sofrimento era mútuo esses sentimentos o transformaram em mais humano a meu ver. Ele ficou menos robotizado. E eu apaixonei mais nele agindo com um adolescente e todas as inseguranças que vem com o pacote.

Estou esperando ansiosamente uma resposta. Ela está se comunicando. Isso é bom. Ela não está fugindo. Dá-me a esperança de que ela está pensando. Eu vou sair da porra da minha mente com essa espera. Poucos minutos depois, o meu e-mail soa novamente, e ela me escreveu uma resposta. “Se controle e pare de agir como um adolescente, porra!" Meu subconsciente me repreende.

Cinquenta Tons de Cinza conquistou o público é um fato, já a critica. Sqn Talvez só talvez com medo de perder o público já conquistado E L James nos trouxe um livro muito repetitivo e cheio de algumas coisas desnecessárias. Eu que sou fã tive que dar uma parada, porque estava ficando muito maçante. Depois de uma respirada algumas leituras a mais eu voltei para o meu dominador antes que ele me colocasse em seus joelhos, né? haha Vai saber. #vaisonhando.

Voltando aos acontecimentos do livro... nessa versão nós entendemos claramente os pesadelos do Christian. As lembranças e sonhos dele com a mãe biológica são muito fortes e presentes o tempo todo. Confesso que nunca entendi essa aversão dele ao toque, mas depois de ler esses trechos eu comecei a compreender ele sem reservas. Tadinho do meu dominador tem um passado nada bonito.

E L James nesse livro nos da à oportunidade de finalmente conhecer a Sra. Robinson como vilã desde o inicio do relacionamento de Grey com Ana. A mulher é muito louca e tenta o tempo todo manter o controle sobre Christian. O livro tem uma quantidade até desnecessária de momentos Submisso e dominador, entre eles. Eu sinceramente fiquei com muito nojo. E me perguntava a todo o momento com tinha aquela amizade ali. Porque as coisas que ela fez com o Christian. Muito louca mesmo. Só eu que queria jogar ela de uma ladeira? Acho que não, né? rsrs

Deixando claro que minha opinião referente ao livro é totalmente afetada já que esses livros são os meus queridinhos. E leria se ela escrevesse até no papel higiênico. Totalmente fã enlouquecida mesmo. Fazer o que a mulher me conquistou. rsrs Só tenho a dizer que já quero os outros dois na versão do meu cinquenta tons de cinza. Muito amor platônico envolvido aqui.

Então é isso galerinha não tem lá essas novidades nessa versão. Acho que quem já ama vai continuar amando agora quem não gosta bom nem tente de novo, porque não vai rolar. Agora só me resta aguardar a continuação na versão Christian. Tem como sentir mais amor por esse homem? Own.... 
Comente pelo Facebook

20 comentários

  1. Oi Krizia, sua linda, tudo bem
    Você gosta mesmo dele, risos....achei sua resenha divertida. Já andaram me contando um pouco das coisas que ela fez com ele e fiquei chocada, se você que é fã também não gostou, ufa, estou aliviada. Um absurdo, também quero esse mulher bem longe do casal. Uma pena que a autora enrolou um pouco, a ponto da leitura ficar maçante, mas que bom que no fim acabou te agradando. Eu nunca li os livros, nunca tive vontade, mas vi o filme e gostei, vai entender, risos... Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii... São muitas críticas contra - mas tbm inúmeras a favor - Eu li a trilogia de 50 tons e gostei muito, mas ainda não li o Grey. Mas com certeza irei ler. Beijos...
    PS. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Sinceramente, tem tanta submissão nesse livro que nem tenho vontade de ler. Mas tomara que a autora continue com seu público fiel.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei de cinquenta tons, mas não amei loucamente. As partes que mais gostava eram as assinaturas de emails. Não sei ainda se irei ler esse livro. Mas a sua resenha me deixou curiosa para saber sobre a mãe dele. Quem sabe um dia?

    Bjs.

    http://delirioselivros.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não cheguei a ler os livros da James. Assisti ao filme e não vi nada de espetacular, nem nada de "oh meu deus, que filme/livro perfeito, que história bombástica!!!"... Achei até simplista demais. Mas deve ser pq eu já li livros sobre SDM antes. Ou talvez pq o bicho pega nos volumes seguintes... sei lá!... Como conseguirei emprestado, vou "dar minha cara a tapa" (não foi proposital)... ;)
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  6. Oie amei a resenha e que bom que gosta dos livros, mas confesso que não gosto de livros eróticos, logo nem 50 tons e nem esse eu tentei ler, mas também não desses leitores que saem por ai difamando livros que nunca li.

    ResponderExcluir
  7. Ola lindona como fã da Trilogia não sei como ainda não li esse livro, o que me fascina é conhecer melhor seus medos, inseguranças pelo seu olhar, li muitos elogios a esse livro, já estou com ele e não vejo a hora de ler, realmente quase não acreditamos ao ver um Grey inseguro, quer ler logo. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Krizia
    Bom, não tenho a menor vontade de ler 50 Tons e/ou Grey, então não tenho muito o que falar kk Outro dia eu li uma resenha de uma moça que, assim como você, também adora dos livros da E.L. James. Mas, acho que ela é um pouco ainda mais obcecada (isso foi meio que um elogio, porque é bacana ver as pessoas gostarem tanto de algo kk) que você. Ela leu a trilogia 18 vezes, acredita? Não sei se foi modo de dizer ou se foi um número literal, mas ela dizia isso se forma bem séria kkk
    Enfim..

    Beijo,
    João Victor - De cabeça para Baixo | All Pop Stuff

    ResponderExcluir
  9. Como eu não tenho o mínimo interesse em 50 tons, e não curto o gênero, deixarei a dica passar.
    Concordo com você, é um fato na verdade, 50 tons conquistou o público, agora porque isso aconteceu é questionável. Mas que bom que está fazendo sucesso e agradando boa parte dos leitores.

    ResponderExcluir
  10. Krizia, eu só li o primeiro livro da trilogia e não gostei tanto assim, mas até que curti.
    Apesar de todos os pesares eu quero ler Grey porque me agrada a temática.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Oie,

    Eu nunca li os livros, e não tenho muita vontade de ler hahah. Tenho uma amiga que ama a série. Uma coisa que eu gosto é os autores escreveram a versão masculina da história, ou na visão de outro personagem, isso ajuda a gente compreender um pouco mais o que se passa no universo do livro!

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  12. Oie, sou leitora nova aqui do blog. <3

    Eu nunca li os livros e não sei quando vou ler, quem sabe um dia. Mas enfim, sua resenha ficou muito boa <3

    Beijos,

    http://viagemnolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Não conhecia o cantinho, mas já gostei bastante! NÃO CURTO MUITO 50 TONS! Não faz meu estilo de leitura, curto romances, mas acabo por não gostar de "hot" por sempre ver a mesma história em todos. Meu amigo começou a ler 50 tons e ontem mesmo estava me falando que já está em busca do outro, porque ele adorou.
    Resenha ficou bem escrita e cativante. Parabéns

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem? Esse livro tem sido comentado por vários leitores, mas eu sinceramente ainda não o li. 50 tons de cinza foi uma febre e confesso que ainda não tive tempo de ler. Gostaria de ler para ter uma opinião formada sobre. Beijos, Érika

    - www.queroseralice.com.br -

    ResponderExcluir
  15. Oiee,
    EU não gosto muito de 50 tons, já dei uma leve lida em alguns capitulos do primeiro livro e vi que não é pra mim.

    Étreintes!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Krizia, tudo bom?

    Eu já tentei ler 50 Tons de Cinza na época da febre, mas não rolou, só que não achei o filme ruim... Recebi esse livro da Intrínseca e tenho vontade de conhecer a história aos olhos do Grey, que me parece ser o personagem melhor da trama. Se eu tiver algum tempo, pegarei pra ler.

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Vamos lá, 50 tons não é a minha série favorita mas não tem como não se ver imersa nessa relação perturbadora desses 2, rs. Não sei quando irei ler, mas com certeza lerei Grey e espero não me decepcionar com a leitura.
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  18. Oiiii
    Eu sou do time que não gosta do 50 tons hahaha
    Mas confesso que eu comprei esse livro na esperança de que algo seja diferente e pelo que vi vou me decepcionar né?
    Mas mesmo assim vou ler... quem sabe né?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    É tão bom quando um livro narrado por um personagem querido nos faz gostar ainda mais deles!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Eu não li a trilogia de cinquenta tons de cinza, mas assisti o filme (sei que não é a mesma coisa). Eu adorei a tematica e sei que no livro tudo é mais forte e mais apimentado, mas não me interessei pela trilogia, mas isso não acontece com GREY que eu estou super afim de ler e de formar a minha opinião. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©