O Que Andei Assistindo #3

06 setembro 2016
Hello Hello galera!
Já comecei no estilo da Nah Cardoso mesmo.
E aí, como vocês estão? Tudo numa boa? Muita correria na vida de vocês? A minha está uma correria, e não há sinal de mudanças tão cedo... Enfim, mesmo na correria em que me encontro, consegui dar uma escapadinha e ver alguns filmes bem legais e vou mostrar eles para vocês hoje. Só pra avisar, tem uma misturinha de gêneros cinematográficos nessa lista haha. Lets go guys!

Truque de Mestre
Daniel Atlas (Jesse Eisenberg) é o carismático líder do grupo de ilusionistas chamado The Four Horsemen. O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos em outro continente e ainda por cima distribui a quantia roubada nas contas dos próprios espectadores. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs (Mark Ruffalo) esteja determinado a capturá-los de qualquer jeito, ainda mais após o grupo anunciar que em breve fará seu assalto mais audacioso. Para tanto ele conta com a ajuda de Alma Vargas (Melanie Laurent), uma detetive da Interpol, e também de Thaddeus Bradley (Morgan Freeman), um veterano desmistificador de mágicos que insiste que os assaltos são realizados a partir de disfarces e jogos envolvendo vídeos.


Uma amiga minha assistiu esse filme e ficava o tempo todo falando dele, que era pra mim assistir, que eu ia gostar e que o lindo Dave Franco estava no filme e -de acordo com ela- seria um pecado eu não ver ele atuando. Depois de algumas semanas de enrolação eu resolvi assistir. Mesmo com os elogios (e surtos) dessa minha amiga, eu fui sem esperar muita coisa do filme e me surpreendi, ele prendeu minha atenção do começo ao fim, é cheio de reviravoltas e ação, os cenários e efeitos são ótimos, é realmente um filme muito bom, gostei muito e pretendo ver o segundo logo logo.
Nota:


Esquadrão Suicida
Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller (Viola Davis) está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o projeto do Esquadrão Suicida, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque de Magia (Cara Delevingne), uma das "convocadas" por Amanda, que se volta contra ela. Desta forma, Pistoleiro (Will Smith), Arlequina (Margot Robbie), Capitão Bumerangue (Jai Courtney), Crocodilo (Adewale Akinnuoye-Agbaje), El Diablo (Jay Hernandez) e Amarra (Adam Beach) são convocados para a missão. Paralelamente, o Coringa (Jared Leto) aproveita a oportunidade para tentar resgatar o amor de sua vida: Arlequina.


Desde do ano passado eu estava louca pra ver esse filme, tipo, MUITO louca mesmo, a cada trailer eu ia ficando mais ansiosa, mas nas ultimas semanas de espera antes do lançamento dei uma desanimada daquelas ao saber que várias cenas tinham sido cortadas. Maaas, eu estava esperando a muito tempo e mesmo com esse inconveniente das cenas lá fui eu hesitante -mas saltitante- ver o filme no cinema. E o resultado? Bom, mesmo com seus furos eu simplesmente amei o filme, dei muitas risadas e como a maioria das pessoas que viram o filme, eu AMEI a Arlequina e o Pistoleiro (#shippo), gostei muito dos outros personagens, mas esses dois roubaram a cena pra mim.
Nota:+



Como Eu Era Antes de Você
Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.


Ainda não sei bem como me sinto em relação a esse filme. Ele é fofo, tem uma historia bonita, cenários e figurinos lindos, com ótimos atores. Mas mesmo com esse fatores, eu não consegui gostar tanto, acho que eu não estava no clima para filme de romance/drama e não aproveitei o filme direito. Vou tentar rever o filme para ver se eu consigo absorver tudo que ele pretendia passar.
 Nota:


As Patricinhas de Beverly Hills
Em Beverly Hills, a adolescente Cher (Alicia Silverstone), filha de uma advogado (Dan Hedaya) muito rico, passa seu tempo em conversas fúteis e fazendo compras com amigas totalmente alienadas como ela. Mas a chegada do enteado de seu pai, Josh (Paul Rudd), muda tudo, primeiro por ele criticá-la de não tomar conhecimento com o "mundo real" e em segundo lugar por ela descobrir que está apaixonada por ele.


Esse é um filme para quem gosta dos típicos filmes adolescentes americanos. Eu vi referencias dele pela primeira vez no videoclipe da musica "Fancy" da Iggy Azalea, mas nem me interessei em procurar para assistir. Até que vi o filme na Netflix e resolvi assistir, assim, sem expectativas, só pra descontrair mesmo, e gostei. Ele é divertido e leve, dei boas risadas com as furadas da Cher e fique de cara com aquele guarda roupa dela (#queroo).
Nota:
 
Psicose
Marion Crane é uma secretária (Janet Leigh) que rouba 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha para se casar e começar uma nova vida. Durante a fuga à carro, ela enfrenta uma forte tempestade, erra o caminho e chega em um velho hotel. O estabelecimento é administrado por um sujeito atencioso chamado Norman Bates (Anthony Perkins), que nutre um forte respeito e temor por sua mãe. Marion decide passar a noite no local, sem saber o perigo que a cerca.

Eu amo filmes de terror, e simplesmente não podia deixar de ver esse clássico. Para falar a verdade verdadeira, o que realmente me fez assistir esse filme foi a série Bates Motel que é inspirada nesse filme, e como eu gosto muito da série e o filme é uma clássico do terror, finalmente assisti. Eu a-m-e-i, amei mesmo, tipo, até revi,  o roteiro é genial, a construção do personagem Norman e a explicação final são demais, DOREI! Eu poderia dar muitos surtos sobre esse filme aqui, mas né, deixa eu ir parando. Eu recomendo MUITO para quem gosta de terror e suspense, sério, e se puderem, assistam a série Bates Mote também, porque ela é muito boa.
Nota:+


O Reino Gelado 2
 Após a queda da Rainha da Neve, o troll Orm precisa refazer sua vida em meio aos seres de sua espécie. Para tanto, ele passa a trabalhar como mineiro e morar com a avó. Apesar da vida regrada que leva, sempre dentro da lei, ainda assim Orm enfrenta dificuldades em pagar as prestações da casa. Desta forma, resolve se candidatar a um torneio onde o vencedor terá a mão da princesa e o direito de morar no palácio real. Entretanto, Orm esconde o fato de já ter trabalhado para a Rainha da Neve e, aos poucos, fica tentado a dar vazão ao lado malvado que possuía quando era lacaio dela.

Eu sinceramente não sei como consegui assistir esse filme até o final. O primeiro filme até que foi legalzinho, agora essa sequencia, chata, muito chata, nem na metade do filme eu tinha chegado e já tava Zzz . Eu gosto de animações, no final desse tem aquela lição para passar, mas delso livre, é muito chato!
  Nota:


Bom galera, esses foram os filmes que vi esses tempos!
E vocês, quais dessa listinha já assistiram? Tem algum para me indicar? Me falem os nomes nos comentários
Beijos
Comente pelo Facebook

1 Comentário

  1. Oi Bruuuu, sempre bom ver as patricinhas né? Volta e meia eu tbm estou vendo de novo hahaha

    Amooo, vi Esquadrão e Como eu era no cinema tbm! Gostei de ambos, esquadrão com muitas ressalvas mas tudo bem hahah

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©