Resenha: Uma Carta de Amor

17 setembro 2016

Resultado de imagem para Uma Carta de Amor nicholas sparksTitulo:Uma Carta de Amor
Autora:Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 277
Classificação:
ADICIONE NO SKOOB   COMPRE 

Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

 
Sabe aquele livro que você pega e não consegue mais parar de ler? Aquele do tipo que se pudesse levaria para o banho? Então, digam "olá" para "Uma Carta de Amor", mais um romance inacreditável do (meu autor favorito) Nicholas Sparks.

Nessa história conhecemos Theresa Osborne, colunista, divorciada há três anos. Seu casamento teve fim, quando seu até então marido David, passou a traí-la frequentemente. Em decorrência deste episódio triste, Theresa passa a não acreditar mais no amor.

Garret Blake é marinheiro, e perdeu sua esposa Catherine há três anos. A superação não é fácil, e ele passa a achar que não ira suportar a perda. Encontra então, um meio de espantar a solidão e de manter-se conectado com a esposa: começa a escrever carta, coloca-as em garrafas e depois jogá-as ao mar.

Em uma de suas viagens para Cape Cod, nas férias, Theresa ao andar distraída pela praia, acaba encontrando uma garrafa. Dentro dessa garrafa há um papel. Mas não é um papel comum. Trata-se de uma linda carta de amor. Emocionada, Theresa resolve publicar a carta em sua coluna no jornal. O que ela não esperava, era que no decorrer dos dias, mais duas cartas iriam aparecer. Theresa encanta-se com o remetente apaixonado e decide procurá-lo. Ao chegar na Carolina do Norte, Theresa conhece o escritor misterioso, Garret e encanta-se ainda mais. E o mesmo acontece com ele: Garret se sente atraído por Theresa. A partir do primeiro encontro eles se apaixonam, mas tudo vai por água abaixo quando Garret desenterra alguns segredos e passa a encarar Theresa como uma ameaça ao seu "relacionamento in-memorian" com Catherine.

Sou apaixonada pelas histórias do Nicholas e devo ser sincera: preparem os lencinhos, é de chorar muito!! A trama é muito bem elaborada, e está longe de ser um tipico romance clichê, onde tudo (tudo) dá certo. Não consigo descrever o quanto Nicholas consegue me surpreender com seus romances. Acho que o amor real perde um pouquinho da graça, quando acabo de ler alguma de suas obras. Uma dica: escrevam cartas e joguem ao mar. Ou fiquem à deriva e esperem!
Comente pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©