Resenha: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares

15 dezembro 2016

Resultado de imagem para O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares
Titulo: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares
Série: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares #1
Autor: Ransom Riggs
Editora: Leya
Páginas: 336
Classificação:

O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas.


Fonte: We Heart it
Cês sabem quando começam a ler e não conseguem parar? Quando você liga até pra tia distante e diz que ela precisa parar tudo que está fazendo e que, deveria ler tal livro? E quando você chega A SONHAR COM OS PERSONAGENS???? É sinal de que o livro é maravilhoso, né?

Jacob gostava das histórias de fantasmas e super-heróis de seu avô, mas, conforme foi crescendo, deixou de acreditar nelas. Até que o avô dele é atacado, e apenas Jacob foi capaz de ver a criatura estranha e assustadora que é a provável responsável pela morte do avô.

Convencido por todos ao redor de que a criatura era apenas fruto de sua imaginação, Jacob começa a fazer terapia e é encorajado pelo terapeuta a visitar a ilha no País de Gales onde o avô dele afirma ter vivido junto de várias outras crianças com dons especiais.

E é ai que tudo acontece. Jacob chega na cidade a procura da tal casa antiga e o que descobre na verdade é uma fenda (quando li, achei que era estilo mundo invertido de Stranger Things, sabem?), que divide dois mundos, separados apenas por alguns (muitos) anos de diferença.

Ao passar por essa fenda, Jacob descobre que todas as fantasias não são fantasias, e que todos os retratos espalhados pela maleta velha do avô, são fotografias reais. Jacob fica fascinado e descobre que seu avô, como todas as outras crianças, era um peculiar, um garoto com dons que conseguia ver monstros, no caso os Etéreos.

Como já era de se imaginar, Jacob descobre que assim como seu avô, ele também tinha esse dom, o que traz conforto e ao mesmo tempo o aflige ainda mais. Jacob acaba se “apaixonando” por Emma, menina que podia produzir fogo com as mãos e que, em 1940, foi namorada de seu avô.


O que eles não esperavam é que a fenda fosse descoberta que Srta. Peregrine (que pode se transformar em ave), seria raptada, deixando o antigo orfanato em ruínas e sem moradia para nossos peculiares.

O final traz uma boa dose de ação e encerra os acontecimentos do primeiro volume, ao mesmo tempo em que deixa pontas soltas para os próximos. Algumas revelações e reviravoltas foram inesperadas.

Ah, vale adiantar: não espere ler um livro sobre fantasmas, Ransom nos deu muito mais que isso com essa obra magnifica. 

Comente pelo Facebook

Nenhum comentário

Postar um comentário

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©