Resenha: Os Ratos do Novo Mundo

17 dezembro 2016
Titulo: Os Ratos do Novo Mundo
Autora: Julia Zanelatto
Editora: Novos Talentos
Páginas: 320
Classificação:
ADICIONE NO SKOOB COMPRE 

Apenas mais uma da décima geração dos chamados Comandados, Mia Schvenko nunca conseguiu entender ou se sentir parte daquilo que via todos os dias. Sempre inconformada com o modelo do Novo Mundo, Mia vive sendo internada em Campos de Concentração e sofrendo tratamentos para mudança de seu comportamento, os quais nunca obtinham sucesso. Após uma internação de dois anos, dada como morta pelo sistema, substituída por um clone dentro de sua família e exilada pelo próprio avô, Mia e mais seis pessoas, assim como ela, se unem com um objetivo apenas: Acabar com o ditador e o sistema que os prejudicaram de alguma maneira e dar fim a discriminação contra aqueles que nunca viram beleza ou paz no Novo Mundo. Porém, para Mia, tudo pode acabar sendo muito mais do que uma simples luta pela liberdade... Aceitar e seguir o sistema ou lutar pela sonhada liberdade: De qual lado você ficaria?


Imagine um mundo com um governo ditatorial, onde se você quiser estudar tecnologia e ciência tem que ser da "classe alta", e se não for, aprende apenas o que vê em vídeos educacionais distorcidos que o sistema te obriga a assistir. Um governo onde se vestir, pensar, ter vontade própria, qualquer coisa diferente das regras, é estritamente proibido, e se você sair do padrão, sua punição é um tratamento -que está mais para lavagem cerebral- nos campos de concentração com direito a tortura intensa tanto física quanto mental, que se não funcionar, bye bye, você morre. Imaginou? Pois é. Bem-vindo a realidade da nossa protagonista Mia Schvenko, uma garota de 18 anos, que faz parte da décima geração dos Comandados, que de comandando não quer ser mais titulada. Mia não aceita o sistema, e acaba sendo considerada uma rebelde, por fumar, se vestir e pensar diferente. Por causa de sua "rebeldia", sempre é mandada para o campo de concentração, onde tentam a reeducar, mas não obtêm sucesso porque ela não aceita ser uma pessoa alienada como todos.

Em sua última ida para o campo de concentração, ela conhece o comandante Doinel, que controla tudo ali e durante dois anos a faz sofrer como nunca. Depois de dois anos sob tortura alucinante, Mia consegue fugir (de um jeito muito louco) com uma promessa em mente, matar Doinel e acabar com o sistema. A partir de sua fuga, descobertas surgem e a batalha pela liberdade se inicia.

Você agarra uma ideia com mais força e vontade do que a maioria das pessoas agarraria a própria vida. Você tem perfil de uma líder. 

Ratos do Novo Mundo é um livro simplesmente maravilhoso. Mia é uma personagem tão bem construída e real, que nossa. Ela fala palavrão, comete erros, tem dúvidas, incertezas e é sarcástica, uma personagem com personalidade. Mia cresceu muito ao decorrer da história, ficou muito foda, cruel e com uma sanidade mental instável, o que é compreensível depois do que ela passou nos campos de concentração. Ela acabou se tornando uma das minhas personagens favoritas mesmo com seus erros.


Os outros personagens também são bem construídos e importantes, como Leon com sua genialidade na mecânica, criando armas, roupas especiais e equipamentos de luta, Amelie com seus conhecimentos em enfermagem, sempre tratando e cuidando dos ferimentos da Mia e George o amigo super engraçado e imaginário (não tão imaginário) de Mia que sempre dá uma leveza com seu jeitinho nas partes pesadas da historia. *Não entenderam a parte do não tão imaginário? Leiam que vocês vão entender. hihi

A narrativa é em primeira pessoa pelo ponto de vista da Mia, e é de tirar o folego, fluida e rica em detalhes. Temos ação, mortes e violência nua e crua, sem mimi, tem sangue pra lá e pra cá mesmo, reviravoltas incríveis, e no meio de tudo isso tem um romance que é a coisa mais fofa. ~Sou team Miame σ(♡ω♡σ)

A parte gráfica está bem agradável e simples, com folhas amareladas, letras de bom tamanho e sem erros aparentes de ortografia. 

Júlia Zanelatto está de parabéns por ter escrito um livro tão bom. Super recomendo a leitura para quem gosta de protagonistas fodas e livros distópicos com cenas cheias de ação e reviravoltas.

Comente pelo Facebook

14 comentários

  1. Olá!! :)

    Não conhecia o livro e a capa esta demais!! :) Bem, pelo que vi, a parte gráfica esta mesmo bem conseguida!! :) ahah

    Adoro o género e fiquei supercurioso para ler! Toda essa ação, o tirar o folego, a narração em primeira pessoa, e o peso dos outros personagens!! :) Espero ler em breve! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie,

      Torço para que consiga ler e se surpreender logo.

      Beijos σ(≧ε≦σ) ♡

      Excluir
  2. Oi querida,
    Adorei a resenha fiquei muito curiosa para conhecer a obra. O enredo parece ótimo e os personagens foram bem construídos...

    Gosto quando a autora descreve bem os personagens, isso faz o leitor ficar curioso para conhece-los ainda mais.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie,

      Fico feliz que tenha gostado da resenha Alice ♡ A Julia descreveu mais que bem todo o livro, espero que possa ler em breve!

      Beijos σ(≧ε≦σ) ♡

      Excluir
  3. Olá Bruna!
    Ainda não conhecia esse livro, mas WOW, que premissa mais fascinante. Sempre que imagino um mundo futurístico penso em algo similar à essa história, pois acho que é bem provável que, em algum momento, o governo irá nos controlar dessa forma. Gostei de saber que a Mia não se deixa ser alienada e que ela luta contra esse mundo.
    Adorei a sua resenha e super anotei a dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Oii Bruna, tudo bom? Adoro distopias e fiquei super interessada nessa leitura!!! Não conhecia o livro, mas agora lendo sua resenha quero MUITO ler, pois acho que irei adorar. Ansiosa para conhecer a Mia :D
    Beijooos

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna, tudo bem?
    É a primeira vez que ouço falar desse livro, mas sua resenha conseguiu me deixar interessada já de cara. Adorei a premissa e viver num mundo desse tão cheio de regras deve ser um horror, e admiro a coragem de Mia para se rebelar e lutar contra o sistema. Espero muito ler um dia!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? Não conhecia o livro e achei o título já bem interessante. Está um pouco difícil achar livros distópicos realmente bons hoje em dia, mas fico feliz com essa indicação. Não levei muita fé na história pela sinopse, mas seus elogios me chamaram a atenção, principalmente para a personagem principal, que parece muito real e obstinada. Obrigada pela dica, beijos.

    ResponderExcluir
  7. Hey, não conhecia o livro até esse momento e confesso que pelo título não sei se eu iria atrás de saber mais, o que seria uma pena. Ainda bem que com sua resenha eu pude ver toda essa história incrível que existe por trás e o tamanho da crueldade do ser humano. Já pude ficar curiosa para ver as transformações e se ela irá conseguir atingir seu objetivo. E também para saber quem é o par dela pelo qual você forma seu team! Fiquei com muita vontade de ler e espero poder fazer em breve.
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Amo cenários distópicos, então eu tenho certeza que iria gostar dessa história, principalmente por ser nacional. Fiquei curiosa para conhecer um pouco mais da personagem principal, acho que seu jeito revoltado de não querer ser como os outros vai me agradar bastante. Obrigada pela dica.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  9. Olá, realmente a parte gráfica desse livro, está muito bela, e merece destaque. Agora a violência é nua e crua? Super amei, gosto de livros assim que vão direto ao ponto sem enrolação, e sem pena. è triste ver que algumas coisas que o livor cita podem se tornar realidade, afinal o ser humano é capaz de tudo, tudo mesmo.
    Adorei sua resenha, e já anotei a dica'

    ResponderExcluir
  10. Estou de cara com esse livro. Primeiro porque essa capa é maravilhosa, mas o enredo também não fica para trás. Manipulação é um tema que me chama muito a atenção, então já quero o livro pra mim. E saber que tem violência nua e crua só me faz desejá-lo ainda mais.
    Gostei muito da sua resenha.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. OI, tudo bem?

    Não conhecia a obra ainda e infelizmente ela possui um gênero que não me agrada muito!

    Histórias envoltas à ditadura são cansativas ao meu ver e perco o foco muito rápido!

    Mas gostei muito de conferir suas impressões!

    Abraços, Amanda M.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que sua resenha me animou muito, ainda mais que o livro tem essa carga de drama. Fiquei bem curiosa para conhecer mais dos personagens e da trama, estou precisando de um livro que traga essas propostas no momento e acredito que ele seria uma boa pedida. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©