Resenha: Minta Que Me Ama

27 janeiro 2017

Minta Que Me Ama
Titulo: Minta Que Me Ama
Autora: Maria Duffy
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Classificação: 
ADICIONE NO SKOOB   COMPRE 

O inverno é a estação mais aconchegante do ano, mas Jenny Breslin não se sente nada confortável. Tudo na sua vida a total ausência de romance, o emprego chatíssimo no banco foi tocado pela mágica das festas de fim de ano. A simples ideia de passar por mais um Natal com a sua mãe extravagante e Harry, o novo namorado dela, a enche de pavor. Mas isso é na vida real...
No Twitter, as coisas não poderiam estar mais interessantes. Nele, Jenny tem uma carreira em ascensão, uma vida amorosa sensacional e uma agenda superconcorrida. Então, em uma noite de bebedeira, Jenny está tuitando com suas amigas Zahra, Fiona e Kerry. E de repente ela as convida para passar alguns dias em sua casa em Dublin. À medida que a sua vida virtual entra em rota de colisão com a sua verdadeira rotina, Jenny não sabe para onde correr. Tudo parece contribuir para mostrar que a existência das suas companheiras de Twitter é um milhão de vezes mais interessante do que a sua. O fim de semana chega, e segredos são compartilhados. Jenny começa a perceber que, enquanto ela sonhava, as coisas acontecem bem depressa. Será que é muito tarde para que ela volte a assumir o controle da sua própria e verdadeira vida?

 

Definir esse livro em apenas uma palavra é impossível. Pensei em: engraçado, hilário, cômico. Difícil de largar e impossível de esquecer. Notei que havia uma Laís na Jenny a cada página virada. Comecei o ano bem, lendo um exemplar tão rico em detalhes e cheio de momentos inesquecíveis.

E ainda havia eu, uma menina insegura com medos de compromissos cuja maior realização na vida foi conseguir colocar dois piercings no umbigo. 

O livro é muito moderno. Baseia-se sobre tudo nas amizades que acabamos criando através das redes sociais. Neste caso, a Jenny é viciada no Twitter, rede social que eu já tentei largar, mas não consigo. Juro pra vocês, não consigo. Falar apenas com 140 caracteres é uma função e tanto, mas quando você se acostuma, acaba viciando, e quando vê, não consegue ficar um dia sem "tuitar". Isso acontece com a Jenny, ela acaba criando um ciclo de amizade, e por questões de sobrevivência acaba criando um perfil, um tanto quanto falso de sua personalidade,trazendo alguns problemas. Isso devido ao fato de que, em uma noite depois de duas taças de vinho, ela acaba convidando as três amigas virtuais, para passarem alguns dias em Dublin. Preciso dizer que elas aceitam?

Jenny está cansada de sua vida ser tão monótoma, se acha feia a ponto de abusar diariamente da maquiagem, e pra ajudar, não tem namorado. Jenny nunca teve a mãe por perto, a distancia piora quando o pai resolve sair de casa e dois anos depois acaba morrendo. Tudo parece não fazer sentido, até que ela descobre que sua mãe esta namorando Harry, um ex-ficante seu.

Como é que eu vou contar pra minha mãe que eu já fiquei com o namorado dela?

Twitera de plantão, acaba contando tudo e inventando praticamente tudo referente a relação amorosa, e no quanto sua cidade é maravilhosa. Com a chegada das meninas, Jenny se desespera e por fim, acaba descobrindo que nem tudo que as amigas contam é real. E foi ai, que eu me apaixonei pelo livro.

Então, sabe, sou na verdade o oposto de uma pessoa que quer se exibir.

Quem usa o Twitter sabe o que estou falando, e com certeza, vai amar esse livro. As mentiras da Jenny eram as mais inocentes possíveis, um exemplo: ela sai com o Tom, colega de trabalho, e diz na rede social que esta namorando. A Zahra, uma das amigas, diz-se maquiadora de celebridades, mas não é isso que parece quando Jenny vai de encontro com ela no aeroporto. A Fiona, diz ter o melhor marido do mundo, mas porque seu filho (sim ela leva o bebê para a vagem, coisa que deixa Jenny maluca), fica super agitado quando a mãe resolve passear por alguns dias, e questiona a titia Jenny se sua mãe irá abandoná-lo como o pai fez? Isso sem contar que a Kerry, outra tuitera, não aparece.

Porque você convidaria meninas que não conhece pra ficar na sua casa - perguntou ela- Poderiam ser assassinas, sabe? (...).

O livro fica ainda mais engraçado quando um homem misterioso aparece em todos os lugares que as três moças resolvem ir. Um perseguidor muito bonito por sinal.

O livro é hilario, a cara da Jenny quando descobre que nem tudo é verdade, e que a sua vida é maravilhosa comparada com as das amigas é sensacional. Difícil mesmo foi conter a risada a cada capitulo novo. Uma historia muito bem escrita, e o final do livro, ficou com um gostinho de quero bis sabe? Vale muito a pena saber o que passa em 140 caracteres.
Comente pelo Facebook

11 comentários

  1. Eu de início achei que se tratava de um livro com temática natalina (hihihi) tenho sérios problemas com livros que ocorrem no Natal, não sei é antipatia mesmo, outra antipatia que tenho é quando o livro é narrado todo através de emails ou de redes sociais, como o livro Twittando o amor, acho que fica muito chato, e me parece que esse é assim. Poxa, vou deixar passar!

    ResponderExcluir
  2. Não sei por que, mas achava que esse livro era de romance hahah
    Adorei a premissa, isso de envolver twitter é algo bem atual e bacana, e como assim descobrir que a mãe está com um ex-ficante?
    Deve ser no miiiinimo constrangedor hahaha
    Quero ler!

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  3. Olá, o livro me fisgou não só por passar no período natalino (sim, eu ADORO) mas por se tratar de uma realidade na qual me incluo, espero ler muito em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Mas gente, eu já tava aqui achando que vinha um livro super dramático aí e me surpreendi quando li a resenha e vemos que temos um livro que pode nos arrancar várias risadas. Como ele é bem curto é aqueles livros que servem pra nos tirar da ressaca literária, vou deixar ele anotado.

    ResponderExcluir
  5. Só faltava o livro ter 140 páginas, ia ser engraçado.
    Que legal a proposta do livro. Eu também amo ficar tuitando e não largo mão disso não. Imagino o quanto de mentiras que deve ter. Parece um bom livro!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Estou com esse livro para ler, gostei muito desse livro e principalmente desse tema tão atual que a autora trata, fiquei bem curiosa para esse encontra das amigas e ainda mais quando elas perceberem que nem tudo e verdade, parece ser um livro bem engraçado, mas que também deixa uma mensagem bem importante !!

    ResponderExcluir
  7. Laís!
    Li esse livro há uns anos atrás e me acabei de rir com as trapalhadas e com as mentiras.
    É um livro que serve também de alerta para não acreditarmos em tudo que lemos no twitter e nas redes sociais.
    Bom demais!
    Desejo uma ótima semana!
    “A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ola, tudo bom?
    Gostei da resenha, essa é a primeira que leio do livro, ele realmente parece ser muito engraçado e que bacana que se identificou muito com a Jenny, não sou viciada no twitter, mas gostei muito da proposta da autora, pretendo dar uma chance ao livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. quando eu vi a capa achei que era alguma "romance de final de ano"
    é uma história bastante atual me lembrou um pouco a temática de uma série que eu gostei muito (e infelizmente só teve um temporada) selfie.
    adorei a temática, apesar de não usar o twiter... e espero ter oportunidade de ler

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros bem detalhados e que sejam bem humorados. Fiquei imaginando como que seria a trajetória desse grupo. Imagina só, marcar de se encontrar com pessoas que você nem conhece pessoalmente?! É muita loucura gente! Eu mesma tenho que conferir essa história.

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler esse livro depois da sua resenha, ele é exatamente o que estou querendo agora, leve e divertido. Quero saber o que vai acontecer com a Jenny e com o perseguidor misterioso rs. Muito boa a resenha! Bjs

    ResponderExcluir

• Por favor, faça um comentário que se relacione com o tema da postagem;
• Estou aberta a críticas, sugestões e elogios. Porém, bom senso é sempre válido;
Obrigada pela visita,volte sempre :)

 
Desenvolvido por Michelly Melo| Modificação e ilustração por Bruna Lombardi| Cantinho da Bruna 3.0 - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©